Home / Saúde / Outubro Rosa: mitos e verdades da cirurgia plástica
Outubro Rosa: mitos e verdades da cirurgia plástica

Outubro Rosa: mitos e verdades da cirurgia plástica

Você sabia que no Brasil a estimativa do INCA, é que surjam 59.700 casos novos de câncer de mama, para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres? Um dado alarmante e que deve ser lembrado não só nesse mês. A Cirurgia plástica foi um grande avanço como coadjuvante ao tratamento oncológico.

“Mulheres mastectomizadas (retirada do seio para tratar a doença) que antes não tinham muita perspectiva de resgatar a autoestima hoje podem com muito mais facilidade ter a sua integridade física recomposta”, explica Dra. Barbara Rosas, cirurgiã plástica e diretora da clínica Vigna Rosas.

“A tecnologia avançou tão bem que hoje uma mulher pode realizar a reconstrução plástica dos tecidos retirados pela mastectomia, no mesmo tempo da cirurgia ou um pouco depois”, afirma Dr. Diego Vigna, cirurgião plástico e também diretor da clínica Vigna Rosas.

A campanha começou e, junto com o Outubro Rosa, sempre surgem muitas dúvidas, principalmente relacionada à cirurgia plástica. Pensando nisso, que tal fazer uma matéria desmistificando algumas questões que causam mais dúvidas? Seguem abaixo algumas:
1. O que é a mastectomia?
2. Como é realizada a construção das mamas?
3. Mulheres com silicone tendem a ter mais probabilidade de ter câncer de mama?
4. A mamografia é realizada da mesma maneira em mulheres que tem a prótese de silicone?
5. No caso do auto exame, como a mulher que tem prótese pode fazer?
Essas e muitas outras questões podem ser respondidas pelos nossos especialistas. Acham que consigo um espaço para abordar esse tema tão importante?
Sobre a Vigna Rosas
Dirigida pelo Dr. Diego Vigna e Dra. Barbara Rosas, a clínica fica localizada na Tijuca, no Rio de Janeiro e tem a mais completa estrutura para atendimentos de pequenos procedimentos e consultas médicas. É uma clínica de Cirurgia Plástica Estética e Reparadora que oferece tratamentos cirúrgicos amplos em todo o corpo e também a parte estética minimamente invasiva.
Uma dupla de cirurgiões plásticos jovens, porém, com bastante experiência, que prezam pelo equilíbrio do conceito de beleza visando a melhora da autoestima através de formas naturais e saudáveis. Hoje além do atendimento no consultórios, Dra. Barbara e Dr. Diego atendem no hospital do Andaraí, sendo um como cirurgião plástico pelo Centro de Queimados e o outro como cirurgião plástico do hospital, respectivamente.

*Mitos e verdades da cirurgia plástica

Compartilhar:
Publicidade de Exemplo

Veja Também

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*